sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Circuito de brincadeiras

No dia 10 de janeiro, os educandos do Centro de Cuidados, juntamente com os educadores Fernando Inácio, Mônica Schmitz, Natália Ferraz, Jorge Ortiz, Amanda Fedrizi, Silvia da Rosa e Thaís Rocha, realizaram um circuito de brincadeiras. A atividade fez com que os educandos se divertissem e ao mesmo tempo houvesse uma integração entre eles. Foram propostas diversas brincadeiras envolvendo cooperação, agilidade e diversão. A equipe que terminou o circuito em menos tempo foi a vencedora. O objetivo da atividade foi reforçar a importância de saber brincar, respeitando o tempo de cada um e incentivando a cooperação dos grupos. Após a atividade, os educandos relataram que o circuito foi divertido e desafiador, porque as brincadeiras não eram conhecidas.











Fonte: Centro de Cuidados SJC

A arte de dobrar papel

No dia 03/01, a educadora Thaís Rocha ensinou os educandos dos projetos uma dobradura bem simples: a boquinha. O processo de desenvolvimento do origami ajuda a desenvolver mãos-olhos, coordenação motora fina, estimula a concentração, ativa a memória, desenvolve a paciência, incentiva a imaginação, promove a aprendizagem e estimula ao esforço e o trabalho. “O origami é um desafio para eles, e além de estarem se divertindo estão aprendendo”, explicou a educadora. “Ver a satisfação nos olhos e sorrisos dos nossos educandos foi muito gratificante. É sempre maravilhoso vê-los felizes”, destacou.








Fonte: Centro de Cuidados SJC

Oficina de Expressão Corporal


No dia 04 de janeiro, a educadora Thaís Rocha realizou dinâmicas com os projetos sociais na oficina de Expressão Corporal do Projeto Verão. O intuito da dinâmica foi ampliar o relacionamento entre os educandos. A expressão corporal está associada hoje a diversas práticas corporais, tanto no campo de conhecimento em dança, quanto de comunicação.


Primeiramente a educadora iniciou a aula refletindo sobre a imagem corporal e promoveu um bate-papo sobre medo, coragem e liberdade. A dinâmica foi associada ao gesto e à música, evocando a expressão corporal. Inicialmente os educandos observaram suas mãos e partiram conforme os comandos da educadora para movimentos leves, suaves, contínuos e rítmicos.

Alguns movimentos proporcionaram uma ajuda mútua e sentimentos de união em grupo. ''A ginástica de expressão acompanha a música e vem representar gestualmente o som.'' Ao final, pude concluir que a maioria dos educandos não tiveram dificuldades de expressar-se perante os colegas. Receberam muito bem a novidade; fiquei satisfeita com o resultado, comentou a educadora.


Fonte: Centro de Cuidados SJC

Carinho em forma de aprendizado

Entre muitos lanches bacanas realizados na oficina de Lanches Rápidos durante a colônia de férias, dois tiveram destaque no dia 9 de janeiro: Empadas de (Massa Brisée) e Macarrão com salsicha divertida. “Ver o envolvimento dos educandos, uns ajudando os outros a realizar as tarefas, nos dá certeza de que a integração entre os projetos neste período de férias vem alcançando seus objetivos da aproximação e do cuidado com o outro”, comenta o educador Jorge Ortis.










“A amizade é o mais importante, e mesmo que tudo pareça perdido tenho certeza que existe alguém que vai querer te ajudar.’’ (Renato Russo)

Fonte: Centro de Cuidados SJC

Coração de Argila

No dia 02 de janeiro, a educadora Thaís Rocha propôs aos educandos uma brincadeira com argila. Ela explicou que a atividade estimula o desenvolvimento da coordenação motora fina. A argila é um tipo diferenciado de barro, que em contato com a água se torna uma massinha. Antes de começar a modelar, os educandos preparam o ambiente: forraram as mesas e colocaram potinhos com água para umedecer a argila. Dessa maneira, foi possível pôr a mão na massa sem se preocupar tanto com a sujeira. “Nossas mãos ficaram um barro só, mas foi muito divertido”, comentou a educadora. A sensação do barro é única; os educandos puderam apertar, enrolar, amaciar e sentir a umidade. A turma resolveu transformar a argila em formas de coração. Ao finalizar, colaram em prendedores, para então, presentar um de seus amores.








Fonte: Centro de Cuidados SJC