terça-feira, 30 de abril de 2013

1° de Maio dia do Trabalhador e de São José




A vida de São José

São José é o modelo ideal do operário. Sustentou sua família durante toda a vida com o trabalho de suas próprias mãos, cumpriu sempre seus deveres para com a comunidade, ensinou ao Filho de Deus a profissão de carpinteiro e, dessa maneira suada e laboriosa, permitiu que as profecias se cumprissem e seu povo fosse salvo, assim como toda a humanidade.
 
Proclamando São José protetor dos trabalhadores, a Igreja quis demonstrar que está ao lado deles, os mais oprimidos, dando-lhes como patrono o mais exemplar dos seres humanos, aquele que aceitou ser o pai adotivo de Deus feito homem, mesmo sabendo o que poderia acontecer à sua família.

Ele lutou pelos direitos da vida do ser humano e, agora, coloca-se ombro a ombro na luta pelos direitos humanos dos trabalhadores do mundo, por meio dos membros da Igreja que aumentam as fileiras dos que defendem os operários e seu direito a uma vida digna.

Peçamos por intercessão de São José que nos abençoe para que o nosso trabalho possa contribuir para um mundo melhor. Parabéns a todos e a todas que fazem parte da missão do Centro de educação profissional São João Calábria.

“Realiza o teu trabalho com espírito sobrenatural: nos pobres veja o Senhor “(São João Calábria)

Capacitação do POD Socioeducativo

Na última sexta-feira, a equipe do POD Socioeducativo participou de uma capacitação sobre Procedimentos Restaurativos, na sede da Fundação de Atendimento Socioeducativo do RS.  objetivo do evento é dar continuidade ao que preconiza o SINASE,atender a necessidade dos adolescentes através do Círculo Familiar e organizar o PIA Egresso, por meio do Círculo de Compromisso. 
Além das executoras do POD Socioeducativo, Calábria e Pão dos Pobres, participaram novos técnicos da FASE e o Núcleo de Egressos da fundação, que também organizou o evento. 

Através de palestras e dinâmicas, foram abordadas experiências ligadas à prática da Justiça Restaurativa e também o desenvolvimento de procedimentos relacionados à mesma.


Trabalhando em equipe - Cidade Escola


No último dia 26 de abril,  a educadora de Letramento Fernanda, do Cidade Escola propôs aos alunos a elaboração de uma dinâmica.

No primeiro momento os alunos tiveram que desenhar individualmente partes do corpo humano. Logo depois, os alunos tentaram montar as partes, que ficaram em tamanhos desproporcionais.





Em seguida a Educadora propôs a segunda parte da dinâmica, os alunos deveriam desenhar em grupo o corpo humano completo. O resultado foi o esperado,os alunos puderam perceber que trabalhar em equipe é importante, pois através da percepção de cada um pode-se formar um contexto melhor para todos, desde que haja o respeito e comunicação entre a equipe.



segunda-feira, 29 de abril de 2013

PEMSE faz subida ao morro

Os integrantes do PEMSE realizaram na última sexta-feira, a subida ao morro da Apamecor. Com o objetivo de introduzirem exercícios de marketing pessoal utilizando ferramentas de integração, comunicação, postura e auto-estima. As atividades de Marketing Pessoal iniciadas nas alturas, terão continuidade esta semana.



Por que na EJA a certificação é mais rápida?






A Educação de Jovens e Adultos é vista, muitas vezes, como o meio mais rápido de se conquistar uma certificação de conclusão da escolaridade. Isso não quer dizer que, por isso, o ensino seja mais fraco, insuficiente, que deixe o jovem/adulto em desvantagem no seu aprendizado. Essa percepção gera, muitas vezes, um preconceito desnecessário (como qualquer outro!).


Mas como não estar em desvantagem se o tempo para ensinar/aprender os conteúdos é bem menor do que na escola comum? Isso é possível, pois os alunos matriculados na EJA são pessoas que, por diferentes motivos, não puderam estudar ou completar seus estudos no tempo dito “certo”, porém, muito daquilo que a escola ocupa um bom tempo ensinando a vida tratou de ensinar de outras maneiras. 

Muitos aprendizados, que às vezes demoram meses para se concretizarem nas crianças (segurar o lápis, ordem na escrita, organização espacial...), já são estruturados na maioria dos jovens/adultos e, assim, não precisam necessariamente ser enfatizados na escola.

Ou seja, a partir do que todos já sabem, novos conhecimentos são construídos, conhecimentos e habilidades que serão úteis para a vida, e se levada a sério por todos (escola, professores e educandos), a EJA pode ser um espaço muito rico de trocas e aprendizados.



 Por Angela Marin Pertile - Pedagoga do Calábria


sexta-feira, 26 de abril de 2013

Jovem Aprendiz encaminhado



Lucas Chiabote participante do Projeto PEMSE no Futuro,  aluno do curso de Chapeação e Pintura  será encaminhado para o Programa Jovem Aprendiz, a oportunidade foi oferecida pela empresa Jockei Clube do Rio Grande do Sul.

  

Calábria prestigia Cia da Lúdica

Na quinta-feira, a Coordenadora Carla Ferraz e Pedagoga Rita Antunes foram convidadas a  participar do evento da CIA Lúdica, a CIA realiza oficinas com nossos alunos dos Projetos Sociais duas vezes na semana. O evento foi para apresentar o plano pedagógico 2013, O Circo Lúdico Brasil,  que será norteado a partir de uma viagem pelas cinco regiões do nosso país, com direito a muitas gargalhadas.




                                      


As atividades proporcionadas pela CIA é totalmente lúdica e recreativa incluindo, contação de histórias, teatro e música. 
A parceria está sendo gratificante e importante para  crianças e adolescentes do Calábria.

Cidade escola na padaria

Alunos do projeto Cidade Escola estão na padaria aprendendo a fazer uma deliciosa nega maluca, sob a orientação do Educador Rubens.
É de dar água na boca!







quinta-feira, 25 de abril de 2013

Pe. Jailton em visita ao Calábria


Nos dias 25 e 26 de abril o Pe. Jailton faz visita oficial ao Calábria. O objetivo  é um encontro fraterno com o Conselho Operacional. No encontro desta manhã, dois momentos importantes de reflexão e de partilha para o encontro. Num primeiro momento foram feitas ponderações acerca do discernimento das decisões a serem tomadas nas atividades. E, em seguida Pe. jailton fez reflexões de incentivo a leitura da carta de Pe. Miguel sobre o tema: “Reparação, caminho de santidade”.





Em seguida o Conselho Operacional repassou diversas informações sobre o andamento das atividades, entre outros assuntos de caráter estratégico. Pe. Jailton partilhou com os demais várias informações, de caráter geral da Congregação dos Pobres Servos da Divina Providência.

Oportunidade Calábria



Oportunidade Calábria
Casal Social
(Cuidadores Residentes)

Descrição da Vaga:
ü Vaga para um casal
ü Trabalho Intermitente: 24hs com 1 folga semanal
ü Ter acima de 30 anos
ü Possuir ensino médio
ü Trabalhar no cuidado de Crianças e Adolescentes em acolhimento institucional
Inicio Imediato, contato com Patrícia:
casalar@calabria.com.br  9178 8150  / 3245 7222 – ramal 217

Apadrinhamento Afetivo: a iniciativa é sua, o benefício é de todos

O Padrinho ou Madrinha Afetivo é alguém que quer auxiliar e acompanhar a vida de uma criança ou adolescente que está em uma casa-lar, e que tem pouca possibilidade de ser adotado.
Cada padrinho ou madrinha pode escolher passeios ou atividades para a criança ou adolescente. Além de poder ajudar nas tarefas da escola, levar ao médico ou dentista, realizar brincadeiras em dias de visita à entidade, ou levar o afilhado para ficar um final de semana na residência.




Apadrinhar afetivamente uma criança é dedicar um tempo na companhia dela por alguns períodos, um dia da semana ou o final de semana, sem implicar qualquer vínculo jurídico ou financeiro.
A psicóloga da casa-lar Calábria, Patrícia Dill, enfatiza  a importância dessa relação afetiva entre padrinhos e crianças e adolescentes com os vínculos rompidos com seus familiares como referência, apoio e suporte no desenvolvimento destes. Isso permite a eles a reconstrução de sua história, com novas possibilidades e aprendizados.




Alguns critérios são necessários para fazer o apadrinhamento, como: ter disponibilidade de tempo para participar efetivamente da vida do afilhado; ter mais de 21 anos, respeitando a diferença de 16 anos entre afilhado e padrinho; participar das oficinas e reuniões com a equipe técnica do projeto ou instituição, apresentar a documentação exigida, consentir visitas técnicas à residência, respeitar regras e normas colocadas pelos responsáveis da criança.
Na casa-lar Calábria existem 10 crianças que podem ser beneficiadas pela ação. Para apadrinhar uma delas, você deve entrar em contato com a Coordenadora, Patricia Dill, através do telefone 51 32457217 ou 51 91788150.

Começa a V Semana Vocacional Calabriana





Está acontecendo a V Semana Vocacional Calabriana, com o lema: “Ide e fazei discípulos entre as nações” (MT 28,19). Dentre os objetivos do evento estão:
Celebrar o dom da vocação em nossa família religiosa;
- Despertar nossos jovens para o chamado a fé em comunhão com a JMJ e a CF;
-  Promover a vocação específica: o nosso “Jeito Calabriano de Ser”, mostrando de maneira especial aos jovens como é a nossa vida e a vida de tantas pessoas que doaram suas vidas a exemplo de São João Calábria. E assim testemunhar que vale a pena ser religioso (a) Pobre Servo (a) da Divina Providência nos dias atuais;
- Promover, em todas as nossas casas e atividades, um espaço de reflexão e consciência vocacional que alimente na grande Família.




A proposta desta semana é de fazer uma animação vocacional calabriana direcionada a juventude, testemunhando nossa fé em sintonia com a campanha da fraternidade, ano da fé e a JMJ - Jornada Mundial da Juventude que acontecerá em julho no Rio de Janeiro.



quarta-feira, 24 de abril de 2013

Arte-final participa de palestra



Alunos do curso de Arte-final participaram da palestra sobre “Comercial gráfico”, organizado pelo encarregado Helder, nesta tarde de quarta-feira.
Helder fez diversos esclarecimentos sobre técnicas de vendas, manutenção de clientes, comercialização entre outras questões de mercado.



Centro de Cuidados recebe presentes





 O Centro de Cuidados São João Calábria (SASE) recebeu, na manhã desta quarta-feira (24/04), vários presentes dos amigos da Missão Católica de Língua Italiana Kreuzlingen. Os materiais escolares, doces e um bonito álbum vieram endereçados à pequena Nicole, e foram divididos entre ela e seus amigos.




 Nicole é afilhada do grupo desde 2012, assim como outras crianças e adolescentes do Centro de Cuidados (SASE), dentro do projeto de Adoção a Distância. 
O projeto, em parceria com a ONG Don Calabria Missioni, acontece há muitos anos, beneficiando crianças, adolescentes e jovens da instituição.

Brechó Solidário dos Projetos Sociais




  Colabore com o Brechó Solidário.

Dia de sair da caverna






A turma da arte-final, saiu de seu momento de escuridão e foi caçar a arte.

Visitou o Salão Internacional de Desenho na Unsina do Gasômetro, a mostra que visa estimular e divulgar a expressão gráfica aplicada à imprensa.

Como a caçada foi pouca, partimos para algo maior e visitamos o MARGS para ver a exposição "Cromomuseu" que é formada por 
uma plataforma museográfica composta por paredes pintadas com centenas de cores sobre as quais as obras foram expostas em uma “galeria invertida”, as pinturas estavam sendo mostradas com seu verso voltado para o público.

Sendo assim, a nossa caçada ficou complicada, pois tivemos que entender melhor o nosso oponente,
o que ele pensava interiormente para podermos capturá-lo.
Após chegar a exaustão nos deparamos com a modernidade, entramos na Exposição "Ascensão do objeto. Desenho e instalação".

A mostra estava instalada no SANTANDER CULTURAL, e lá nos deparamos com objetos do nosso dia a dia, mas de uma forma lúdica 
mantendo o diálogo com a tradição e, ao mesmo tempo, sem perder de vista uma perspectiva contemporânea. Foi a luz que faltava para enxergar o caminho.

Para fechar o dia, após saciarmos nossa fome cultural, levamos nossa "mochila mais cheia" para assistir um cineminha 3D no GNC, 
"Os Croods" - Uma Família que mora em uma caverna, vivendo em um mundo onde ter medo é igual à sobrevivência.

O grande barato é a questão da filosofia que é abordada na história do filme... Quando a família resolve mudar as regras que os mantinham na escuridão,
somos guiados a uma analogia maravilhosa ao Mito das Cavernas, aquele mesmo narrado pelo famoso pensador Platão.

Cada cena mostra claramente que através do conhecimento, é possível captar a existência do mundo sensível e do mundo inteligível.

Platão para adolescentes, um máximo! Louvável!

Os alunos da arte final já conseguem sair da sua caverna, seguir a luz e buscar sua sobrevivência!

Por Luciano Brito - Educador - Criação e Editoração Gráfica

terça-feira, 23 de abril de 2013

Relaxamento no SASE

Na última sexta-feira (19/04), os alunos do SASE (Turma T2) juntamente com a educadora Lia Hausen tiveram um momento de relaxamento e exercícios de respiração. Os Educandos tiraram o máximo proveito pois, iniciaram as atividades do dia mais descontraídos e dispostos.






Doações para o curso de Marcenaria

A Cofel Laminados entregou nesta tarde de terça-feira, mais uma doação em chapas de MDF, retalhos em madeira e revestidos, para o curso de Marcenaria do Calábria.
A empresa-parceira aposta  no desenvolvimento profissional dos alunos e colabora assiduamente com materiais para o aprendizado.



Manhã de integração dos novos colaboradores no Calábria




Na manhã desta terça-feira (22/04), aconteceu a integração de novos colaboradores do Calábria. Diversos setores participaram de palestras e esclarecimentos acerca dos procedimentos, serviços, funcionalidades e capacitações dentro da instituição. 

O Conselho Operacional abriu os trabalhos e aplicou a dinâmica da linha na agulha. Com isso, os colaboradores puderam perceber diversos aspectos, como: a estratégia, o coletivismo, a força, a persistência, a calma, a motivação e a concentração em desempenhar tarefas. Um simples exercício, mas que pode trazer muitas reflexões quando realizado em grupo, afirma a representante do conselho Marinês Zanella. 


Durante a reunião, foram lembrados aspectos do trabalho de São João Calábria, um humilde sacerdote italiano que deu início a obra em Verona, baseando-se na caridade e na visão de Jesus nas pessoas. Com a criação da congregação Pobres Servos da Divina Providência, o mundo ganhou a continuidade do trabalho de São João Calábria.


A congregação está em 14 países, e no Brasil atua em 17 cidades. Em Porto Alegre, o Calábria trabalha a qualificação de jovens, executa programas sociais e a prestação de serviços, tendo como lema: Educar Semeando Esperança. A instituição está baseada em sólidos princípios, valores, missão e gestão compartilhada por meio de um conselho. 

Além disso, os colaboradores conheceram as normas e filosofia da instituição, que tem a preocupação fundamentada na formação do ser humano, seja ele quem for. Para exercitar a prática calabriana, entre outras coisas, o colaborador deve: ter responsabilidade e criatividade, respeito sem discriminação, ter ética e participar de formações de caráter humano, espiritual ou profissional. 



Também foram apresentados os sistemas de qualidade calabriana, os quais praticam a sustentabilidade, a aplicação de indicadores para melhor obtenção de resultados nos processos gerenciais, a aplicação do programa 5S, e a funcionalidade da Segurança do Trabalho.

Atividade do Dia do Índio - SASE



 Alunos das turmas M1 e T1 do SASE realizaram diversas atividades lúdicas, na sexta-feira (19/04), relacionadas ao dia do Índio, visando trabalhar a simbolização e a exploração de novas experiências, que despertam o aprendizado significativo.





segunda-feira, 22 de abril de 2013

Projeto Identidade: aprendendo a ser

Os alunos do SASE deram início ao Projeto: Identidade - Aprendendo a ser.
O Objetivo do projeto é preparar o jovem para ingressar no mercado de trabalho, com o estímulo à construção do "Projeto de Futuro". 





O Projeto de Futuro visa a responsabilidade socioeconômica e ambiental, para consigo e para com a sociedade. Como primeiro exercício eles confeccionaram a "Minha Bandeira Pessoal", com a orientação da Educadora  Lia Hausen.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

PUC: novas experiências emocionam alunos do Calábria

Cerca de 60 alunos do PEMSE e dos cursos de Rotinas Administrativas, Auxiliar de escritório, Desenho e  Anime e tiveram uma aula diferente nesta quinta-feira, 18/04. Visitaram o Museu de Ciências e Tecnologias da PUC em Porto Alegre. Lá, eles foram desafiados a correr atrás de informações, buscar respostas às próprias perguntas.


A atividade foi proposta pelos educadores para complementar atividades pedagógicas iniciadas em sala, abordando a iniciativa, a liderança e o trabalho em grupo entre outros critérios necessários para a vida profissional.


Os alunos circularam em grupo com pranchetas, canetas e material multimídia em mãos. Eles experimentaram e vivenciaram outras sensações não perceptíveis no cotidiano.






































A partir da experiência proposta, os jovens puderam perceber a biodiversidade, o uso da tecnologia para aprimorar o conhecimento e para a sustentabilidade do planeta, ver de perto réplica do sistema solar e da órbita da terra, entre outras coisas.

A próxima experiência será mostrar parte do que viram e aprenderam no Museu da Puc  em uma apresentação em sala de aula.

Aprendiz Calábria: uma realidade


O programa Jovem Aprendiz vem sendo desenvolvido pelo Centro de Educação Profissional São João Calábria desde a década de 80. Com a integração do empresa-escola,  já beneficiou centenas de jovens com conhecimento, emprego e dignidade.

A qualificação técnico-profissional prepara adolescentes e jovens estudantes na condição de aprendizes, por meio da contratação de empresas. O aprendiz tem direito a receber vale transporte e meio salário mensal. Com isso, ele pode praticar  quatro horas de aprendizagem teórico prático.

A lei 10.197 determina que qualquer empresa de médio e grande porte, deve cumprir um número de cotas na contratação de jovens aprendizes.  Mas , para que um aluno seja incluído, é necessário estar matriculado em um curso de qualificação oferecido por uma instituição de ensino profissional, como o Calábria.




Vitória Daniele Lopes, 16 anos, entrou no Calábria desde pequena e  está incluída no programa através do curso de Marcenaria e é beneficiada por uma empresa parceira. Assim como ela, outros 127 cotistas são beneciados pelo programa Aprendiz Calábria.
Para contratar um aprendiz pelo Calábria é preciso que a empresa entre em contato com o setor Empresa-Escola. O Calábria se preocupa com a formação integral do jovem, preparando ele não só para enfrentar os desafios profissionais, mas também para seu crescimento pessoal.

Jornal Zona Sul visita Calábria



O Calábria recebeu na tarde desta quinta-feira (18/04) o jornalista do Jornal Zona Sul, Vilmar Souza. O motivo da visita foi conhecer melhor o trabalho realizado e estudar uma parceria entre o Calábria e o Jornal Zona Sul para divulgação dos projetos desenvolvidos pela instituição. Além da visita, o colaborador Alexandre Gonçalves foi entrevistado para o programa Destaque Social, da Rádio Jornal Zona Sul.





quinta-feira, 18 de abril de 2013

Polícia Federal fala de drogas no último dia de SIPAT

No último dia de Sipat no Calábria, o Agente da Polícia Federal, Adécimo  Branco, membro do Departamento de Repressão ao Tráfico, falou sobre a prevenção, o uso e a repressão às drogas no Estado. A palestra que teve a participação de alunos e colaboradores, abordou também o trabalho da Polícia Federal no país.



Para Branco, a palavra "DROGA" já diz tudo. "Desde a maconha até outras drogas, este é um grande problema na sociedade, pois está no cotidiano das pessoas. A melhor maneira de reprimir as drogas ainda é a prevenção", alerta ele.
Entre os principais fatores que levam as pessoas a começar a consumir drogas estão: a curiosidade, as companhias, a falta de orientação, a desatenção da família e a rebeldia que o indivíduo traz consigo. Com o uso de substâncias químicas, a pessoa se torna dependente físico ou orgânico em pouco tempo.




Os efeitos psicológicos podem variar desde o bem-estar, euforia , elevação do humor, até o aumento da autoestima. Dentre os sintomas biológicos estão: aumento do ritmo cardíaco, dilatação da pupila, aumento da pressão sanguínea, calafrios, náuseas, vômitos e arritmias.

Branco também comentou sobre a comercialização da cocaína, que é pasta-base para diversas drogas, como: Oxi, Crack, Ecstasy, Merla, entre outras. De acordo com dados da Polícia Federal, é um produto muito caro.

"O quilo da pasta-base custa em torno de 20 mil reais   no Brasil e de 25 a 35 mil dólares na Europa e Estados Unidos. Portanto, é uma movimentação exorbitante de valores no mundo", salientou o agente.






quarta-feira, 17 de abril de 2013

Beatificação e Canonização de São João Calábria

Nesta data, 17 de abril,  recorda-se os 25 anos da Beatificação de São João Calábria e no dia 18, o 14º aniversário de sua Canonização, ambos feitos de João paulo II.
Os calabrianos vem agradecer à Deus pela vida deste santo que  tinha como prioridade os mais pobres e abandonados, ele via a pessoa de Jesus cristo nessas pessoas.





"Devemos refletir a luz de Jesus, ele é a luz verdadeira que ilumina cada pessoa, mas a luz não se pode ver senão quando refletida em nós". São João Calábria.

SIPAT orienta jovens para a vida

No dia de hoje o tema da XII SIPAT do Calábria foi: Jovem, quem tá iluminando a tua vida? O palestrante,  Pe. Osmar,  apresentou e animou a plateia de colaboradores e alunos, apoiado por canções que visam o despertar para uma vida mais iluminada e sadia.
Com intuito de prevenir, a Semana de Prevenção orienta  e dinamiza aspectos diários como: segurança, saúde, escolhas e força para continuar a caminhada da vida.




Os participantes também puderam participar de um sorteio de brindes.

Alunos do Creas-Glória conhecem o Calábria

Os alunos, que participam do programa PEMSE do  Creas-Glória, no curso de Informática com ênfase em Auxiliar Administrativo, estiveram no Calábria nesta terça-feira conhecendo as instalações.




O curso será ministrado até o dia 26 de julho, época em que será realizada a formatura e eles poderão ingressar em outro curso de qualificação profissional oferecido pela instituição.





Eles foram recebidos pelo colaborador João Soares, que deu as boas-vindas e apresentou os cursos de iniciação e profissionalizantes do Calábria.