sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Conselheiras do CMDCA visitam o Calábria

As conselheiras, Rosana Fernandes e Iolanda Ambrósio, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Porto Alegre estiveram nesta quarta-feira, 26/11, visitando o Calábria, para avaliar e acompanhar o programa de Aprendizagem Profissional realizado no Centro. Na ocasião, foram recebidas pelos colaboradores João Soares, supervisor do programa de aprendizagem profissional; Roseli Demartini, coordenadora de ensino; e Tânia Pimentel, orientadora educacional. Após o encontro, os colaboradores acompanharam as conselheiras para conhecerem os laboratórios de aprendizagem profissional.




Fonte: Empresa Escola

Curso de Marcenaria recebe doação

O curso de Marcenaria Mobiliária recebeu nesta sexta-feira (28/11) uma doação de madeira da empresa Madeiras Redivo. São 3m3 de madeira maciça de lei em geral de várias bitolas e espécies, um material de qualidade que será de grande importância na prática dos alunos em curso, nos laboratórios de aprendizagem tanto na fabricação de pequenos móveis como itens de decoração, entre outros.


O Calábria juntamente com o Curso de Marcenaria Mobiliária agradece à Redivo pela doação.




Fonte: Marcenaria

Cultura da Doação: mudando uma geração


25/11/2014

Na década de 90 o meio ambiente entrou na agenda da sociedade civil. Desde antes da Eco-92, as escolas começaram a falar aos alunos sobre a importância da preservação da natureza, famílias passaram a instigar as crianças a fazer a separação do lixo, e prefeituras começaram programas de reciclagem de lixo com a população. Levou uma geração, e hoje a preservação ambiental faz parte da cultura da sociedade.

O mesmo aconteceu com o cigarro. De aceito por todos, tornou-se um mal generalizado, que é restringido pelo governo e cada vez mais rejeitado pelas pessoas. De socialmente aceito, não fumar passou a fazer parte da cultura brasileira.

Agora, é a hora de fazer o mesmo com a doação. Já evoluímos muito nos últimos anos, principalmente com a doação de horas, o voluntariado. Mas ainda temos muito a fazer para que doar seja cultural, para que faça parte da vida das pessoas.

Queremos que as famílias conversem sobre doação durante suas refeições, escolham juntas as organizações que vão receber a sua doação. Queremos que as escolas ensinem às crianças a importância de contribuir de forma cidadã para o desenvolvimento da sociedade civil, engajando-se no apoio às organizações.

Queremos que as empresas incentivem ações de voluntariado, e estimulem seus funcionários a doar, inclusive aumentando o valor da doação com recursos da própria empresa. E queremos que a imprensa incorpore de vez a pauta da importância das organizações para o desenvolvimento da sociedade civil, e promova a doação dos indivíduos.

Enfim, queremos mudar a cultura dos brasileiros, e disseminar a importância da doação como algo normal para todos, da infância à aposentadoria. Para tanto, criamos no Brasil o #diadedoar. O #diadedoar é uma campanha que promove a cultura de doação, e aproxima organizações e doadores. Neste ano, no dia 02 de dezembro, o Brasil inteiro estará envolvido em ações que promovam a doação de dinheiro, tempo, livros, sangue… Para isso é importante que você desde já se organize para a atividade que pretende fazer.

Não só no Brasil, mas em outros vários países, a primeira terça-feira de dezembro será um dia que celebração e participação das pessoas. Lá fora esse evento se chama #givingtuesday. Os países da America Latina denominaram de #undiaparadar e nós aqui de #diadedoar. Todos fazem parte de uma mesma família cujo logo é um coração com fitas entrelaçadas. Nós, aqui no Brasil, inspirados nas fitas do Senhor do Bonfim, queremos celebrar as boas energias que o ato de doar traz.

Divulgue em sua escola ou universidade, sugerindo alguma ação que mobilize os alunos e professores. Organize junto com outros funcionários de sua empresa algum mutirão que possa ocorrer no dia. Se você trabalha em uma organização, planeje alguma campanha específica para o dia 2 de dezembro. O fato é que milhares de iniciativas vão ocorrer no mesmo dia e isso estimulará ainda mais as pessoas a participarem de alguma ação.

Em 2013, o #diadedoar foi lançado de forma singela na Feira ONG Brasil. Sem muito barulho, diversas ONGs divulgaram campanhas específicas para conseguirem doações naquele dia. Da Fundação Abrinq à plataforma Juntos.com.vc, do Greenpeace ao sistema Doare, dezenas de pessoas se engajaram e estimularam pessoas dentro da feira e isso acabou alastrando-se para fora dela. Em Curitiba o Banco de Sangue realizou uma atividade durante todo o dia onde as pessoas tiravam fotos com os dizeres “Eu já Doei”, “DDD – Dia de doar”, “Doe sangue”. Em Maceió um shopping estimulou todas as lojas e seus clientes a doarem para uma organização do bairro. Uma fotógrafa doou seus serviços a um casal que não poderia pagar pelas fotos do casamento. Uma organização doou rosas para cada doador naquele dia.

Agora, em 2014, esperamos que centenas de organizações participem com suas atividades especiais e que milhares de pessoas possam contribuir plantando uma semente para a cultura de doação. Sabemos que o efeito de doar em um dia é simbólico. Não se espera que isso altere as estatísticas de uma nação. Mas sabemos também que para aqueles que estarão experimentando pela primeira vez o prazer em doar e a alegria em participar de uma ação solidária como essa. 2014 será o ano de uma revolução. Nós estamos nos transformando em um país cheio de doadores.

Você deve estar lendo este artigo imaginando que somos muito otimistas. Pois vamos dar alguns números a você, para que falemos da realidade. E assim passemos a lidar com o Brasil verdadeiro, um Brasil doador.

Segundo o World Giving Index, uma pesquisa mundial que faz levantamentos sobre os atos de doar de dezenas de países, somos 35 milhões de doadores, 5 vezes mais do que a Espanha, por exemplo. Segundo outra pesquisa da ChildFund, doamos o equivalente a 5 bilhões de reais por ano. Mais que o dobro do que os Institutos e Fundações empresariais investem no social.

Em geral, a imagem que passamos é a de que doamos pouco, ou que os indivíduos não alteram a realidade com suas esmolas e pequenas contribuições. Pois os números acima mostram o contrário. Qualquer pequeno estímulo ou campanha que trabalhe com os atuais doadores gera um efeito dominó capaz de dobrar o número de doações. Um pequeno gesto e alcançamos 10 bilhões de reais por ano. 4 vezes mais do que as empresas. Qualquer campanha como a do dia de doar e dobramos o número de doadores: de 35 para 70 milhões. 70 milhões é muita gente. Faz uma revolução não faz?

Ok, você quer mais números. Greenpeace tem 55 mil doadores mensais no Brasil. A Médicos sem fronteiras tem 165 mil doadores mensais no Brasil. E estes doam para fora. O dinheiro vai para as equipes de médicos que estão na África. Sem nenhum juízo de valor, vale perceber que 165 mil pessoas estão dando dinheiro para uma organização que envia recursos para fora. Estamos exportando doações.

Faz 30 anos éramos um país de terceiro mundo, que recebia recursos de fora para atividades das mais variadas. Em uma geração passamos de necessitados a doadores. De importadores de doações, somos exportadores de doações.

E você ainda não acredita no que estamos te falando? Vai lá. Cadastre sua ideia: www.diadedoar.org.br que ela seja criativa o suficiente. Surpreenda-nos!

Ou você quer esperar mais uma geração?


Marcelo Estraviz (artigo escrito com o amigo João Paulo Vergueiro para a Revista Filantropia)

Fonte: Dica


Limpeza do saguão da Padaria

Na tarde de quinta-feira (27/11), os educandos do curso de Padaria e Confeitaria juntamente com os educadores fizeram a limpeza do saguão e das mesas. O espaço é utilizado pelos demais educandos e colaboradores da instituição para fazer o lanche e almoçar. É fundamental manter o espaço limpo e criar essa consciência nos jovens”, comentou a educadora Cristina.



Fonte: Padaria e Confeitaria

Campanha mundial #DiadeDoar


quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Preenchendo uma Nota Fiscal

Na manhã do dia 25/11, os educandos do curso de Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo tiveram uma aula de como preencher uma Nota Fiscal. Eles aprenderam sobre a importância da Nota Fiscal, e ao final, cada um preencheu sua nota fiscal com os itens e preços listados pelo educador. Ao término da atividade os educandos puderam entender o porquê de se saber calcular e preencher corretamente uma NF, para que não ocorra perdas no estabelecimento ou local de trabalho.








Fonte: Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo

Dinâmica do Trabalho em Equipe

Na tarde do dia 24/11, os educandos do curso de Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo realizaram a dinâmica do Trabalho em Equipe. Para isso, foram divididos em trios. Todos os participantes tinham o mesmo objetivo: chegar ao destino demarcado por uma garrafa. O educando que estivesse vendado só poderia ouvir as palavras "direita" e "esquerda" e as palmas: uma palma seria andar para frente, e duas palmas andar para trás. Ganhava o grupo que chegasse ao destino no menor tempo possível. Essa atividades serviu para estimular a união, a confiança e o trabalho em equipe, a fim de se chegar a um objetivo.








Fonte: Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo

Lareira de Papelão

Na época do Natal, muitas sugestões de enfeites correm pela internet, e ganham preferência dos amantes das habilidades manuais, que encontram no artesanato a oportunidade de expressar suas aptidões por meio de peças que encantam qualquer pessoa. Pensando assim, neste mês de novembro, a educadora Silvia Vicente e os educandos do Projeto Trabalho Educativo - Artesanato montaram uma lareira de papelão para enfeitar o Centro de Cuidados SJC para as festividades de Natal. Colaborou para este projeto a Pedagoga Rita com ideias e imagens da lareira que havia visto na internet. As redes sociais possuem várias informações e ideias legais, basta sabermos fazer um bom uso delas”, explicou Rita. Essa atividade teve como objetivo, além de motivar os educandos a decorarem os ambientes para o Natal, incentivar a criatividade e a busca pelo reaproveitamento de materiais recicláveis, como caixas velhas de papelão. E eles entenderam o recado, pois, com paciência, concentração e dinamismo transformaram todo esse material em arte.








Fonte: Trabalho Educativo

Platão e Sócrates

Nos dias 24 e 25 de novembro, os educandos do Projeto Trabalho Educativo – Informática estão dando continuidade ao Trabalho de Filosofia com ênfase nos filósofos Platão e Sócrates. Os educandos assistiram juntamente com a educadora Amanda Fedrizzi a um documentário no Youtube sobre estes filósofos. 
Eles aprenderam que a palavra “Filosofia” é de origem grega, significa “amor a sabedoria” e consiste no estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem, tema este cada dia mais importante em nossas vidas. 
O objetivo desta atividade é usar o auxílio da Internet para ampliar os conhecimentos e compreender o valor que tem em aprender a filosofia e colocar em prática todos os dias sabedoria em nossas atitudes e muito amor à vida, a família e ao próximo.


Fonte: Trabalho Educativo

Dia Mundial de Ação de Graças


Fonte: DICA

Dia do Técnico da Segurança do Trabalho


Fonte: DICA

Está chegando a hora - #DiadeDoar





quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Obra Calabriana completa 107 anos


Hoje a Obra Calabriana completa 107 anos de uma história marcada pelos sinais da presença amorosa de Deus Pai providente. Os primeiros meninos foram acolhidos na casa canônica de São Zeno ao Monte, mas o contínuo aumento de casos necessitados o aconselhou a procurar uma sede mais ampla. A primeira foi aberta com cinco meninos, precisamente no dia 26 de novembro de 1907, numa modesta casa posta à disposição pelas Irmãs da Sagrada Família na paróquia de S. João no Vale, em Verona. A Obra iniciou na simplicidade e no silêncio, segundo os desígnios de Deus.

“Certamente o Senhor quer que nos santifiquemos. Poucos, mas de espírito, e os poucos formarão os muitos. Nós devemos considerar a Obra grande não quanto à sua expansão, mas no espírito, e quanto mais este for segundo o santo evangelho, mais a Obra realizará os grandes desígnios.” São João Calábria

Fonte: PS

Cursos de Iniciação em tarde de integração

Os alunos dos cursos de Iniciação Profissional, juntamente com seus educadores, Eliseu e Cristina (Padaria), Simone (Assistente Administrativo), Diego (Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo) e Luciane (Auxiliar de Escritório) tiveram uma tarde de integração nesta quarta-feira, 26/11. Aproveitando o bonito dia de sol, eles realizaram um campeonato de futebol entre as turmas e um piquenique compartilhado entre todos. Segundo os alunos foi a melhor recreação do ano de 2014. Os educadores observaram a interação entre os educandos e com eles próprios. E não faltou animação e boas risadas, até porque, depois de um ano de estudos e dedicação, eles merecem. “Foi um dia prazeroso, trocamos várias ideias, conhecimentos, brincadeiras”, ressaltou a educadora Luciane.

“Estimular a integração entre as várias partes de nossa psique, permitir que interajam entre si; esse trabalho produz o aprendizado transformador e o conhecimento de novas amizades.” Clarice Lispector








Fonte: Cursos de Iniciação

Como fazer um currículo ideal

A educadora Gislaine Kopplin do curso de Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo de Alvorada trabalhou com os alunos dos turnos manhã e tarde, nessa segunda-feira, 24/11, sobre como elaborar um currículo, utilizando o Microsoft Word ou Microsoft Publisher, aplicando todas as formatações necessárias. 
Segundo ela, tudo deve estar destacado de forma clara e objetiva ao apresentar as experiências profissionais, formações e outras consideradas relevantes."É importante ficar atento à apresentação do currículo, evitando erros de português, inserção de dados desnecessários como foto inadequada, números de documentos, adjetivos pessoais e uso de letras ou papéis coloridos”, alertou Gilaine. 
O objetivo da atividade foi ensinar a melhorar a apresentação do currículo na hora de procurar um emprego, já que o currículo é a carta de apresentação e a porta de entrada para uma empresa.
A educadora explica que este é o primeiro passo da avaliação dos recrutadores para escolher um candidato que melhor se encaixe no perfil desejado. “Por isso, elaborar um bom currículo não se trata de resumir tudo o que você fez. 
Em primeiro lugar, o candidato deve entender que há muitos outros na mesma situação. Portanto, ele deve procurar se diferenciar mesmo sem experiências profissionais” aconselha ela.
O curso de Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo é realizado no Centro Florestan Fernandes, em Alvorada, em parceria com a Prefeitura Municipal de Alvorada.


Fonte: Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo de Alvorada

Almofadas Natalinas

O Curso de Corte e Costura está confeccionando e vendendo lindas almofadas natalinas. Para aquisição e encomenda conversar com a educadora Zila no horário das 13:10 às 13:45 diariamente.



Tamanho: 26cm x 26cm

Valor: R$ 12,00 cada

Visitando o curso você terá a oportunidade de conhecer outros produtos confeccionado pelas alunas ou fazer encomenda de roupas sob medida ou também solicitar ajustes e reformas.

Aguardamos sua visita!


Fonte: Moda

Sem Bullying!

Os educandos das turmas M2 e T2 do Centro de Cuidados SJC estão desenvolvendo um trabalho de conscientização contra o bullying, junto com a educadora Ana Paula Derungs. Após sensibilizarem-se com o filme "Bullying", que conta a triste história de um adolescente que sofre agressões por parte de colegas da escola, os educandos do Centro de Cuidados SJC assumiram a postura de agentes de transformação e estão comprometidos com a ideia de fazer cada um a sua parte contra o bullying. E, assim, contribuir para que a sociedade se torne, um dia, uma grande corrente de irmãos.








Fonte: Centro de Cuidados SJC