sexta-feira, 29 de maio de 2015

Trabalho Infantil é pauta da SIPAT


A Equipe do Ação Rua marcou presença na 15ª SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, no dia 27/05, promovendo um bate-papo sobre Trabalho Infantil. 


Inicialmente Marlon e Paolo apresentaram um pouco do trabalho realizado pela equipe, na abordagem e identificação de crianças e adolescentes em situação de rua, inclusive apresentando alguns cases. 


Eles explicaram que o objetivo do Ação Rua é motivar a pessoa a sair da rua e ajudá-la a elaborar um novo projeto de vida. 


Em seguida Camila e Franciele dividiram os participantes em grupos e propuseram uma discussão sobre as várias faces do Trabalho Infantil, trazendo imagens comparando as celebridades mirins com crianças e adolescentes que trabalham ou pedem nas ruas. 


Foi lembrado que no Brasil, o trabalho não é permitido para crianças e adolescentes até 13 anos; a partir dos 14 anos pode-se trabalhar como aprendiz; já dos 16 aos 18, as atividades são permitidas, desde que não sejam explorados nem expostos a nenhum tipo de risco. 


O assunto gerou muita polêmica e dividiu as opiniões principalmente no que se refere à exploração de crianças e adolescentes no meio artístico em comparação com outros tipos de exploração em outras atividades. 


Durante a dinâmica de grupo, foram sugeridas algumas questões para instigar a discussão, trazendo presente o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) como embasamento. 


No final, os grupos socializaram as suas considerações.


Fonte: CIPA

Dia do Desafio no Auxiliar de Escritório

Nesta quarta-feira (27/05), o educador Christofer, do curso Auxiliar de Escritório, lançou uma proposta para os seus alunos do turno da tarde: pararem tudo que estavam fazendo e dedicarem alguns minutos a um alongamento. Ele explicou que esta atividade, aparentemente estranha, faz parte do Dia do Desafio, dia em que as pessoas em todo o Brasil dedicam pelo menos 15 minutos do seu tempo para atividades físicas.











Fonte: Auxiliar de Escritório

Projeto Nova Vida na SIPAT


No segundo dia da 15ª SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, os integrantes do Projeto Nova Vida aceitaram o convite da CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes para falar sobre a experiência da reabilitação das drogas através da atividade física. 


Por meio do testemunho de Vagner Cardoso, reabilitado há seis anos e desde então ajudando nos grupos de apoio, os presentes puderam compreender um pouco sobre as causas e as consequências da escolha do caminho das drogas. 


Os coordenadores do projeto, Carlos Eduardo Hansen e Cristiano Fetter, apresentaram a metodologia de trabalho aplicada pelo grupo, que conta com a parceria da Academia RR Fitness, oferecendo atividades físicas, como a corrida, aos reabilitados graduados. 


Essa proposta da utilização do exercício físico tem como objetivo ser um facilitador no processo de recuperação, prevenção e reinserção na sociedade.  O processo de reabilitação, segundo eles, tem uma duração de nove meses e, após, os integrantes participam de grupos de apoio, entre outras atividades.



Conheça o trabalho do Projeto Nova Vida

Fonte: CIPA

Organizando a recreação

Nesta sexta-feira, 29/05, os educandos do curso Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo, orientados pelo educador Diego, organizaram um modelo de planilha em forma de tabela com as datas dos dias de recreação. A ideia é que eles mesmos possam estipular as atividades que têm interesse, motivando a participação. Esse modelo será utilizado pela turma nas próximas recreações.




Fonte: Auxiliar Administrativo

Dia do Geógrafo


Fonte: DICA

quinta-feira, 28 de maio de 2015

SIPAT fala sobre drogas


O segundo dia da 15ª SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho trouxe pela manhã um tema recorrente e presente cada vez mais na vida das famílias: as drogas. 


O major Cilon Freitas da Silva, coordenador das atividades do PROERD – Programa de Resistência as Drogas e a Violência, da Brigada Militar fez uma abordagem diferenciada e preventiva, falando não sobre a droga em si, mas sobre as oportunidades que as pessoas têm nas suas vidas, salientando que na vida não existem somente duas opções, como muitas vezes principalmente os jovens são levados a pensar. 


Cilon lembrou que o valor da vida somente cada um pode dimensionar, a partir do seu livre arbítrio, de sua livre escolha. Durante sua fala, trouxe como exemplo, a vida de seu próprio pai e as bases da sua formação, para demonstrar que as pessoas são livres para tomar a decisão que acharem melhor para si. 


Ele comentou que estudos apontam que as boas ações, como ajudar alguém, sentir-se útil, praticar exercícios, ter pensamentos positivos, amar alguém, etc, trazem a mesma sensação de prazer que a droga traz e não prejudicam a saúde. 


Para confirmar sua afirmação, apresentou um vídeo com depoimentos de vários profissionais, falando sobre a questão das drogas, com destaque para o escritor Paulo Coelho, que disse: “A única coisa que você tem na sua vida é o seu poder de decisão”. 


Para finalizar, apresentou um vídeo motivacional. Entre as várias mensagens que o filme traz, Cilon destacou: “não desista de você”; “todo mundo tem problemas”; e finalmente “eu vou fazer o melhor” em vez de “eu vou fazer o possível”.



Fonte: CIPA

Trabalhando com Ferramentas de Cálculo

Nesta tarde de quinta-feira (28/05), os educandos do curso Informática com Ênfase em Auxiliar Administrativo confeccionaram várias planilhas eletrônicas, a fim de se familiarizarem com o programa e aperfeiçoarem os conhecimentos nesta área. O educador Diego salientou o quanto é importante saber lidar com as ferramentas de cálculo no mercado de trabalho.A competitividade faz parte de qualquer profissão; saber trabalhar com as ferramentas disponíveis pode fazer a diferença para que o profissional se destaque”, lembrou ele. 







Fonte: Auxiliar Administrativo

Decoração da 15ª Sipat


Um ambiente agradavelmente decorado é sempre mais acolhedor. Pensando nisso, a CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes convidou a equipe da Mundo da Imaginação para dar mais vida e alegria ao espaço do Salão de Atos, local onde estão ocorrendo as palestras da 15ª Sipat – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, de 25 a 29/05.


Tatiana e Vanessa montaram lindos arranjos com balões nas cores temáticas da CIPA: verde e branco, e os disponibilizaram de forma harmônica pelo salão. O trabalho foi realizado todo voluntariamente. A CIPA agradece a parceria!



Fonte: CIPA

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Palestra sobre Primeiros Socorros no primeiro dia da SIPAT


No primeiro dia da 15ª SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (25/05), a CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes convidou o bombeiro Lima e o bombeiro Carvalho para falarem nos turnos manhã e tarde aos educandos e colaboradores sobre Primeiros Socorros. 



Através de uma abordagem direta e com exemplos práticos, eles demonstraram como uma pessoa leiga, sem conhecimentos técnicos, pode ajudar em vários casos de acidentes, como queimaduras, choque elétrico, desmaios, engasgos, ferimentos com objetos pontiagudos e em parada cardiorrespiratória. 



Destacaram que não se deve tocar na vítima em choque elétrico, e procurar o mais rapidamente desligar a energia geral. Demonstraram como funciona a chamada Manobra de Heimlich, método de desobstrução das vias aéreas, em caso de engasgo. Alertaram que nunca se deve retirar o objeto perfurante da vítima, apenas estancar o sangue a sua volta



Em caso de desmaio, é fundamental deitar a vítima, e elevar as pernas mais altas que o corpo. Ambos salientaram que em todos os casos o mais importante é tentar tranquilizar a vítima e chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência o mais rápido possível



Num segundo momento, os palestrantes fizeram uma demonstração com extintores de incêndio, explicando como são utilizados, quais os tipos, a forma correta de manuseio, métodos de extinção do fogo, além de apresentarem os equipamentos utilizados no combate a incêndios. 



Ao final, abordaram a questão da imobilização de vítimas de fratura, em caso de acidentes graves, utilizando os equipamentos de segurança, como a maca, o colar cervical e talas improvisadas de papelão. Também trouxeram alguns vídeos que mostram como o fogo pode agir de forma rápida, caso não seja combatido da forma correta e rapidamente. 



Como forma de agradecimento, a CIPA ofereceu aos bombeiros uma pequena lembrança confeccionada pelos alunos dos vários cursos. Houve ainda sorteio de brindes para os participantes.


 


Fonte: CIPA

Trabalho Educativo diversificando as atividades

Durante o início da última quinzena de maio, os educandos do Projeto Trabalho Educativo - Lanches Rápidos tiveram uma semana bastante diversificada, entre aulas de percussão com o oficineiro Ricardo Isquierdo, palestra sobre aquisição de valores com a educadora Janaina Pedroso, e desenvolvimento de receitas maravilhosas com o educador Jorge Ortis. Segundo os educadores, a turma gostou bastante das várias atividades realizadas, como: a teoria e a prática do preparo dos lanches, o cuidado com a horta e a opção de escolher em algumas aulas uma receita dos livros disponíveis.











Fonte: Trabalho Educativo