quinta-feira, 28 de abril de 2016

O que faço pelo Meio Ambiente

Os educandos do Trabalho Educativo - Lanches Rápido iniciaram as atividades da semana com o tema Meio Ambiente, que nos últimos anos tem sido muito debatido. A educadora Janaína utilizou vídeos e materiais impressos para abordar e debater melhor o assunto com os educandos. Questões sobre saúde, poluição, ação destrutiva do ser humano sobre a natureza também foram temas em debate. “O objetivo de abordar esse assunto é mostrar para eles que com pequenos gestos podemos fazer grandes mudanças para o planeta e nosso futuro”, explicou a educadora.





Fonte: Trabalho Educativo

Primeira gravação da Oficina de Música

Os educandos do Centro de Cuidados Nossa Senhora de Fátima, em conjunto com a professora Dinah, estiveram no estúdio de música, na quarta-feira do dia 27/04, gravando os repertórios das músicas trabalhadas durante as atividades da Oficina de Música da semana, que, segundo a educadora, vem sendo um excelente destaque. “Nossos protagonistas estavam assustados com o desafio, mas foi só alegria e motivo de muito orgulho a todos, pois esforço e comportamento não faltou para a turminha”, comemorou Dinah. A proposta da professora é gravar novamente as músicas, para eles se aperfeiçoarem e o mais breve lançarem um CD.


Para Dinah, a música contribui para a formação integral do indivíduo, reverencia os valores culturais, estimula o senso crítico do ser humano, promove a sociabilidade e a expressividade, introduz o sentido de parceria e cooperação, a formação da pessoa e auxilia o desenvolvimento motor, pois trabalha com a sincronia de movimentos.


“Em todo trabalho existe uma equipe envolvida”, comentou Rosângela, coordenadora do Centro, que acrescentou: “Só temos a agradecer ao Calábria, parceiros e a parceira da coordenadora Silvia, do Centro Esportivo, que em conjunto com a prefeitura de POA conseguiu o transporte. Agradecemos também à professora Dinah de música, os educandos, educadores, familiares”.



Fonte: Centro de Cuidados Nossa Senhora de Fátima

Atividade integrativa - em busca do objetivo comum


O educador Eduardo Pavin, do curso Assistente Administrativo, realizou com seus alunos uma atividade integrativa, que teve como objetivo manter a turma unida e em busca do objetivo comum. 

Sabendo da forte ligação entre afeto e cognição, percebemos que uma boa relação entre as pessoas que fazem parte de um determinado grupo (neste caso o grupo escolar) é essencial para tornar o ambiente da sala de aula agradável e favorável à aprendizagem. E isto se torna mais essencial quando se envolve crianças e adolescentes que estão ampliando suas redes de relações. Elas precisam ser acolhidas e perceber a sua importância naquele local novo de permanência. A forma como se dá as mediações interfere significativamente na relação que se estabelecerá entre o sujeito e o espaça da sala de aula e também entre o sujeito e o objeto (o conhecimento), trazendo implicações na disposição desses para a aprendizagem (LEITE,2006. Universidade Federal de Pernambuco).

Sendo assim cabe ao professor reconhecer as condições de seus alunos, em especial seus afetos, seus desejos, a fim de procurar canalizá-los para que colaborem na produção do conhecimento (PRANDINI, 2004. Universidade Federal de Pernambuco).


Fonte: Assistente Administrativo

Temas Transversais com a Padaria


Os alunos do curso Padaria e Confeitaria, sob supervisão do educador Eduardo Pavin, realizaram apresentações com temas abordados no filme "A Garçonete", visto em sala de aula. Os assuntos escolhidos foram: Atendimento ao Cliente, Feminismo, Sonhos e Oportunidades e Vida Profissional. 


Segundo o educador, todos esses temas tiveram grande importância por se tratarem de acontecimentos cotidianos, sejam no trabalho ou na vida pessoal. “O intuito desta atividade foi capacitar os alunos no maior número de assuntos possíveis, oportunizando uma reflexão, a fim de que se tornem pessoas melhores e mais críticas quanto às ‘ocorrências’ da vida”, concluiu o educador.

Fonte: Auxiliar de Escritório


Dia Internacional da Educação


Fonte: DICA

Visitando a redação do Jornal Zero Hora


Nos dias 19 e 26/04, os educandos do Trabalho Educativo – Informática, juntamente com os educadores Fernando Inácio e Amanda Fedrizzi visitaram a Redação do Jornal Zero Hora, a fim de conhecer a estrutura e o planejamento para criação de notícias, matérias e do tabloide. 


Os educandos estão criando e organizando o Jornal da Gurizada, um jornal no Facebook, no qual escrevem e publicam matérias sobre assuntos do dia a dia. Essa visitação na Redação da Zero Hora teve a intenção de mostrar o passo a passo para o planejamento de um jornal, a escrita de matérias e a publicação. 


Durante a visitação, a Jornalista Lúcia Pires acompanhou os educandos, mostrando todos os setores do jornalismo e a criação da estrutura para matérias e colunas. Também conheceram o setor de desenhos, onde são criadas as charges e desenhos do tabloide. Além dos setores do jornal impresso, a Redação tem o setor de matérias virtuais, com a estrutura de um estúdio onde são gravadas as notícias em tempo real para publicação nas redes sociais. 


“Com essa visitação, os educandos tiveram uma experiência muito rica. Eles aprenderam como são os passos para organização e planejamento de um jornal. Isso fará toda a diferença na hora de pensar o Jornal da Gurizada, que com certeza será ainda mais detalhado e mais rico em informações”, comentaram os educadores.




Fonte: Trabalho Educativo

Confira matéria relacionada: 
http://wp.clicrbs.com.br/editor/2016/05/09/jovens-do-projeto-sao-joao-calabria-pesquisam-na-redacao/?topo=13,1,1,,,13

Tradições Indígenas

Neste mês de abril, em que se comemora o Dia do Índio, em 19/04, os educandos do projeto Cidade Escola, a fim de manter vivas as tradições indígenas, desenvolveram adereços, pinturas e um prato típico do índio brasileiro, o pirão de peixe. Também compreenderam que o índio tem o seu jeito próprio de preparar os alimentos, que podem ser cozidos, assados ou defumados e que as frituras não têm muito espaço no cardápio. A partilha também faz parte dos costumes indígenas, conforme explica o educador Jorge Ortis: “Eles se reúnem de tempos em tempos para distribuir entre os habitantes da aldeia os alimentos produzidos, demonstrando união e solidariedade”.







Fonte: Cidade Escola

Pirão de peixe com pimenta

Os educandos do Trabalho Educativo - Lanches Rápidos, fazendo referência ao dia do índio, 19/04, juntamente com seu educador Jorge Ortis, confeccionaram manualmente objetos como faziam as tribos indígenas, simbolizando alguns utensílios usados para cozinhar que provinham da caça ou das hortas. A mandioca e o peixe foram os produtos escolhidos para representar o prato do mês com a receita “Pirão de peixe com pimenta”, já que em geral os índios têm uma alimentação variada e equilibrada a base de peixes, caça e frutas. A pimenta é uma importante fonte de vitamina e fibras, muito presente no cardápio indígena. Os educandos compreenderam que a alimentação varia dependendo do ambiente aonde o índio se encontra e é por isso que povos indígenas de diferentes regiões possuem técnicas de caça, pesca e cultivos distintas.








Fonte: Trabalho Educativo

terça-feira, 26 de abril de 2016

Alunos do curso Design Gráfico em visita ao MARGS



Na última quarta-feira, dia 20/04, os Alunos do Curso Design Gráfico do Calábria realizaram visitação ao MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul), na exposição Arte x Publicidade. Com trabalhos de artistas nacionais e internacionais, a exposição traz um olhar sobre a interferência da publicidade na arte contemporânea, bem como a publicidade interferindo na arte.


Para Gustavo Ribeiro, 16 anos, estudante do Curso de Design Gráfico, visitar exposições como estas acrescentam mais cultura e visão de um novo mundo.


O educador Jeferson Machado ressalta a importância de apresentar novas perspectivas culturais aos seus alunos. “Exposições como estas ampliam a visão do aluno, que muitas vezes se limita a sua realidade. Além de servir de bagagem cultural para sua vida pessoal e profissional”, avalia.


Fonte: Design Gráfico

Escolha do líder do Trabalho Educativo - Informática

Os educandos do Trabalho Educativo - Informática realizaram a escolha dos seus líderes e vice-líderes no dia 18/04. Conforme os educadores Amanda Fedrizzi (módulo básico) e Fernando Inácio (informática), o objetivo desta escolha é fortalecer as relações interpessoais de forma que a sala de aula se torne um ambiente mais fortalecido, onde todos se vejam como sujeitos que participam de qualquer mudança .Os quatro escolhidos de cada turno irão expor suas ideias em reuniões de líderes, auxiliarão na postura ética e comprometida de seus colegas de turma e irão promover o diálogo eficaz entre outros atributos.






Fonte: Trabalho Educativo

Hóquei sobre a grama

No dia 20 de abril (quarta-feira), os educandos do Programa Cidade Escola iniciaram a modalidade “Hóquei sobre a grama”. Com objetivo de vivenciar alguns esportes que serão disputados nas olimpíadas de 2016 com adaptações ao meio lúdico, trabalhando a lateralidade, coordenação motora e destrezas corporais, a educadora Andréia Ramires está ensinando, nas aulas de educação física, as regras e manejos desse esporte. Tem como regras, conduzir a bola com taco, marcar o maior número de pontos dentro da área marcada, não podendo levantar o bastão, nem mover a bola com os pés ou com as mãos. As aulas são divididas em momentos de treinos e jogos. “Os educandos estão se divertindo muito com os jogos e treinos”, comentou Andréia.








Fonte: Cidade Escola

Vinil decorado

No mês de abril, a educadora Silvia Vicente desenvolveu uma atividade diferente com os educandos do SASE e Trabalho Educativo - Artesanato, com discos de vinil. Os educandos utilizaram discos velhos que seriam descartados para fazer lindos enfeites. A educadora pôde observar que muitos dos educandos não conheciam esta forma de escutar música. 


Por muitos anos, os discos de vinil foram uma das formas gostosas para ouvimos música, pois, segundo alguns fãs, é no vinil que repara-se as nuances da música. Mas, com o passar do tempo, novas tecnologias chegaram ao mercado, como CDs e atualmente arquivos MP3. E assim os bons e velhos discos de vinil foram perdendo seu espaço, e viraram sucata. Mas ainda é uma ótima alternativa para fazer decoração.

Fonte: Trabalho Educativo

Almofadas Emotions

Nos dias 19 e 20 de abril, as educandas do Trabalho Educativo – Artesanato desenvolveram atividade onde o tema foi sugerido pelas próprios educandos. Trata-se de almofadas dos emotions, usados nos aplicativos para telefone celular, WattsApp. A educadora Silvia Vicente pesquisou sobre as almofadas para desenvolver com as meninas o material para transformação das carinhas. Foram utilizados para este trabalho: feltro, fibra para enchimento, linha, agulha, cola de silicone e cola quente. No decorrer da atividade, a educadora pôde observar que todas estavam bem entusiasmadas neste trabalho, valorizando suas criações artísticas e fortalecendo sua autoestima.







Fonte: Trabalho Educativo

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Gincana da manutenção

Na última quarta-feira (20/04), os alunos do curso de Manutenção de Computadores e Redes, realizaram a gincana da Manutenção. A atividade, desenvolvida pelo educador Otávio Centeno, tem o objetivo de descobrir qual o problema de cada PC que o grupo recebe, identificar as peças que constam ou não na máquina, saber a capacidade de cada modelo e achar uma solução para o problema existente. Após realizada a revisão e identificado o problema, a máquina passa para outro grupo que deverá montar e solucionar o problema através das informações coletadas e descritas pelo grupo que verificou o PC. 



Essa atividade é feita uma vez por semana e contribui na capacidade de cada aluno em descobrir e solucionar problemas de forma rápida e prática.




Fonte: Manutenção de Computadores e Redes

Dia da Contabilidade


Fonte: DICA